O que é o Perenialismo?

perenialismo

“O objetivo da universidade é nada menos do que obter uma revolução moral, intelectual e espiritual em todo o mundo” – Robert Hutchins

O perenialismo é uma filosofia educacional centrada no professor que se concentra em idéias eternas e em verdades universais.

Para esclarecer, o perenismo sugere que o foco da educação deve ser as idéias que duram séculos, acreditando que as idéias são tão relevantes e significativas hoje como quando foram escritas. 

Essa filosofia educacional visa preparar os alunos para a vida, desenvolvendo suas qualidades intelectuais e morais, enfatizando o conhecimento e o significado do conhecimento, servindo para aprimorar as habilidades de pensamento crítico do aluno na busca por liberdades individuais, direitos humanos e responsabilidades através da natureza.

Líderes Educacionais

  • Mortimer Adler
  • Jacques Maritain
  • Robert Hutchins

O Perenismo na Educação

O objetivo do perenismo na educação é desenvolver o poder do pensamento, internalizar verdades universais e constantes e garantir que os alunos adquiram entendimento sobre as grandes idéias da civilização ocidental. 

Essa é a filosofia mais conservadora, tradicional e flexível. O perenailismo estimula os alunos a pensar de forma crítica e ponderada; cultivando a mente racional.

Papel do professor – o perenailismo é uma filosofia centrada no professor, na qual o professor se preocupa menos com o interesse do aluno e mais com a transferência de conhecimento das gerações mais velhas para as gerações mais jovens. O professor se concentrará na importância da leitura e, com frequência, usará as lições subjacentes para fazer uma observação moral. Os professores usam a história, a religião, a literatura e as leis da ciência para reforçar idéias universais que têm o potencial de resolver qualquer problema em qualquer época.

Currículo e Métodos – O perenismo é a sala de aula focada no currículo e na necessidade da natureza. 

O currículo se concentrará em atingir a alfabetização cultural, enfatizando o crescimento dos alunos em disciplinas duradouras.

 Eles enfatizam o aprendizado através da leitura e análise das obras dos melhores pensadores e escritores da história. 

Os perennialists acreditam que a leitura deve ser complementada com investigações mútuas com professores e discussões minimamente direcionadas através do método socrático, a fim de desenvolver uma compreensão historicamente orientada dos conceitos. Menos ênfase na educação profissional e técnica e mais em humanidades.